sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013


Gosto dos teus braços
caídos sobre mim,
das tuas pernas
enjaulando as minhas ancas;
gosto de ti, assim:
quando sem palavras,
enterras a tua vida
no ondear subtil de mim.
Aí, o horizonte - ainda -
é azul.


Devia


Devia ter-te agarrado bem,

bem no meio das minhas coxas,
fincado os pés nas tuas costas.
Devia ter parado esse teu vai-vem,
esse erotismo triste,
triste,
sulcado de um eminente ir,
ficavas num eterno vem,
num constante vir.
Devia...

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Nada menos do que borboletas!!!


"Algumas pessoas estão se encontrando, se desfazendo. desfalecendo e estabelecendo, algumas pessoas estão enroscando e se instalando e  recusam a se contentar com nada menos do que borboletas"

sábado, 12 de janeiro de 2013

Poema Kamasutra




Fervendo de desejo
Teus lábios beijo
Desvio pro pescoço
Cheiro gemo e desço
De súbito tropeço
Há uma elevação
Não agora vejo
Duas são
E se me dão
Subo até os picos
E languidamente
Lambo os bicos
Como se num tobogã
Escorrego e acabo
Num bico ao contrário
É o umbigo!
Seguindo adiante
Me perco num mato 
Me acho num riacho
Minha sede mato
Depois olho melhor e ...
Será boca ou será flor?
Tem lábios e também exala
Inebriante odor
Ai que delírio esse torpor!
Bem mas agora
Já não aguento tanta dor
Estou pronto e quero pôr
Pra te conhecer melhor
Em teu mundo interior

Se as paredes tem ouvidos...

Escutam muitos gemidos!


SÔFREGO PELO DESEJO



EU TE PENSO
MANSAMENTE TANTAS COISAS,
EU TE PROCURO
COM OS MEUS OLHOS FIXOS
NOS CONTORNOS DOS TEUS SEIOS
QUE SE MOVEM SENSUALMENTE
E ME HIPNOTIZAM
SINTO-ME DOMINADO POR INTEIRO
PELA SUA PELE QUENTE
QUE TÓRRIDA E CALMAMENTE
DEVASSA-ME,
CORPO QUENTE !
EU TE DIGO
TANTO E MUITO
E NÃO MINTO
QUANDO TE DIGO.
MAS OMITO
SEM CERTEZA
OS DESEJOS QUE ME INSPIRAS
E ME INVADE LENTAMENTE
INFILTRANDO-TE NO MEU CORPO
E ME INVADES
NUMA IRREVOGÁVEL SENTENÇA
DE IMAGINÁVEL GOZO
INADIÁVEL
DE TUA PRESENÇA

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Momento!




Naquele exato momento em que as almas se fundem que fogem dos corpos
e se abraçam no espaço...

Naquele exato momento em que o corpo perde todos os sentidos, que a respiração cessa...

Naquele exato momento de nos dois!!!

Gilson Costa