quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Êxtase


Bianca Rossini

Uma noite, ao canto de uma lua cheia,
cercado por estrelas
que reinam sobre a vasta escuridão

como uma pedrinha
longe na distância
meu coração saudoso
repousa sob tua sombra.

Sim, certamente
poderia ter-se perdido
no mar de todas as coisas,
mas seu brilho reflete
uma presença
que não pode ser vista impunemente.

Ressoam profundos desejos,
mantêm-se doces memórias,
como numa canção de ninar,
sempre cantarei teu nome junto ao meu,
como era para ser os nossos corações.

Felicidade, felicidade, felicidade
tudo o que era,
tudo o que não foi roubado,
e tudo o que poderá ser…

Como pétalas arrancadas cedo
pela fúria de uma tempestade,
ainda que seu talo sustenha uma flor
pode também esconder lágrimas
por um amor abandonado com desprezo.

A minha flor sobrevive ao inimaginável,
supera o banal,
desafia todos os temores e tristezas,
permanecendo aveludada,
aberta
encarando o céu
sempre.

Meu amor tem duas vidas para amar-te.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Falta você...só você!

Quero você...simples assim, mas intenso!



Estava procurando uam frase bonita, de impacto e de um grande pensador
ou de uma pessoa famosa. Algo que dissesse o que sinto por você.
Não desmerecendo ninguém, nãoencontrei. Por que? Porque somente eu
é que vivo dentro de mim, logo so eu sei oque sinto.
Não posso pegar frases alheias, poesias de outros para dizer o que devo dizer,,,
Quero você!
Não é poético, não tem rima e talvez nem entre para a historia, mas
é sincero...
Quero você!

GCB

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

domingo, 11 de dezembro de 2011

BENDITO PECADO!


Benditas sejam as curvas
que percorro nesta estrada
bendito seja o calor
que nos queima na jornada~

bendito seja seu cheiro
misto angélico e infernal
como bendito é o licor
da sua fonte divinal.

Bendigo vales e montes,
gêmeos, me ofertados;
bendigo a boca molhada
que à minha fica colada

bendito dentes cravados
seus lábios rubros inchados
e bendita seja a dor
que suas unhas no furor

do amor profano e sagrado
no meu dorso faz riscados
traça o mapa imaginário
do que me é santuário

paraíso e minha igreja;
e por fim bendita seja
com seus gemidos e gritos
bendito, mais que bendito;

bendito corpo suado!

JJBraganeto

Vagabunda©


Mulher que se transforma na cama
deixa de ser..a Dama
e passa a dominar meus desejos
me lambe, me enche de beijos
e em jogos de trapaças
em mim, faz arruaças

Me morde, me despenteia
a chama abaixa, ela alteia
não pensa nunca em parar
quer extrair de mim..tudo q tenho pra dar
sua vontade nunca passa
e em mim...faz arruaças

No ataque a cada momento
seu corpo em movimento
é tela pintada com maestria
acaba a noite, começa o dia
e a obra de arte nunca termina
seu prazer..me ilumina

Prostituta quando deve ser
faz teu homem gemer
do profano ao sagrado
cada gota sua  eu trago

em troca me das o que de melhor tem
as caricias e posições que lhe convém
tento me esforçar e te dar prazer também
que os anjos do céus, fechem os olhos, mas digam amem

Mulher , fêmea no cio
e eu um cão vadio
paixão que me inunda
por ti..minha vagabunda

que se esconde durante o dia
mas a noite nada de monotonia
somente a sensação mais profunda
te quero...assim Vagabunda

Tentei te decifrar
saber o que esta a pensar
e de onde és oriunda
mas fico aqui a calar
apenas a admirar
teu jeito, assim Vagabunda

Gilson Costa - Baseada na Poesia Vagabunda de Lu Macário

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Meus desejos safados




minhas vontades safadas
impuras e profanas
esperam por você
na minha cama

minhas vontades taradas
intensas, malvadas
esperam por você
e mais nada

minhas vontades sem vergonhas
lascivias, sacanas
clamam por você
na minha cama

gilson costa

Prazer...


Prazer...tenho vários nomes
Sou varias coisas
E posso estar em você...

Prazer...
Meu nome é Loucura
E vou logo perguntando
Por onde começo...
Pegando-te.
Tirando seu centro
Mexendo em seu prumo
Fazendo-a perder o rumo...

Meu nome é Juízo
E não adianta me querer
Estou aqui exclusivamente
Para você me perder 
Jogar-me para o alto
Jogar-me fora...
Largar-me esquecido em um canto
Por umas longas horas
Por isso hoje eu insisto
Esqueça que eu existo...

Meu nome é desejo
O calor da paixão
Com meu ardente beijo
Invado teu coração
Aumento tua temperatura
Faço-te suar
Enlouqueço teu corpo
Só de em mim você pensar
De forma gostosa
Faço-te sofrer
Vai se acabar de gemer
Sem nada te doer..

Prazer...
Gilson Costa

Nos dois!


Tuas mãos em meu corpo - Sedução! 
Tua boca em minha boca -  Tesão! 
Teu olhar no meu olhar - Fixação! 
Meu corpo em teu corpo - Explosão!

Gilson Costa

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

mil mulheres em ti...



(...) Diante de mim e em mim,
apenas a verdade que você não pode alcançar.
(minha) vida não está contida em palavras.
A ubiquidade do meu ser não pode ser compreendida:
eu sou mil mulheres e nenhuma delas vive
ou cabe nas tuas limitações
ou dentro dos teus olhos...

              *****

Você que é varias em uma só
alem dos meus limites,
onde não posso te conter, 
você, ser ilimitado
que não cabe no meu olhar,
dai-me uma chance
para que eu possa
todas as mulheres que ha em ti
amar...

Gilson Costa

Meu nome é desejo!!!



Meu nome é desejo e vou te ensinar a voar!
Abra tuas asas, jogue-se no vento da paixão,
não tenha medo de cair...
Vim aqui apenas para tirar teus pés do chão
Meu nome é desejo!
Tire tuas roupas, vista o meu prazer e deixe tudo mais acontecer...

Karla Bardanza

Destruir tuas (in) certezas



Destruir tuas (in) certezas
É a certeza que tenho,
Mesmo não sendo ideal caminho
E por ele que eu venho
E ele me traz até você
Derrubar suas muralhas
E seus dogmas jogar para o ar
Fazer você desacreditar em acreditar
Nas tuas decantadas crenças
Cheia de mentiras e indiferenças
Fazer sair de cima do muro,
Perder teu norte e o rumo
Mostrar que em ti esta
Teu porto seguro...

Aqui estou para te deixar louca
Fazendo carinho com minha boca
Envolvendo-a em minhas malicias
Teu corpo, minha total caricia,
Quero que encontre a glória
Quando eu derrubar teus muros, de Tróia
E invadir novamente as tuas guerras
Na cama faremos paz, depois de muita guerra
Corpos suados, combalidos,
Mas sem vencedor e nem vencidos

Aqui estou para atentar tua alma
Fazer-te perder a calma
Pegar-te de jeito, por inteiro
Para você sentir o meu toque
, minha tara e o meu cheiro
Mesmo distante de mim,
Vai querer mais, eu sei que sim

Estarei nos teus sonhos, no teu dia
A todo o momento
Farei morada em teu corpo
E no teu pensamento...

Gilson Costa