terça-feira, 27 de setembro de 2011

De ti tomei posse!!!


E la estava
Cansada,
Saciada;
Molhada: melada
Vencida
De uma derrota
Anunciada,
Pretendida
Querida.
Subjugada
Dominada
Entre tantas
Cavalgadas
Que não resistiu
Teu reino
Meu exercito invadiu
E com teu consentimento
Em nosso instante intenso
De ti tomei posse...

 Gilson Costa

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Verbos, por ti.



Revelar-me somente ante teu beijo,
dócil ato que espero, em desespero,
pois meu corpo te aguarda, novamente,
na distância de alguma madrugada,
para tomar-te em meus braços,
linda amante...
sem limites, sem tempo, sem ressalvas.

Dominar-te suave, cravando dentes
nessa pele em que já eriçam pêlos,...
e se as mãos limitam teus movimentos
liberdade te chega por entre orgasmos...
para fazer de ti, a minha mulher,
loucamente...
a andar sobre os meus rastros.

Saciar-te os desejos mais ousados,
batizar novas loucuras com teu nome,
de tua carne jamais sentir-me farto,
aos teus olhos ser rei, teu deus e homem...
tendo sempre em teu amor
meu horizonte...
fonte eterna de augusta felicidade.


André L. Soares
http://poemasdeandreluis.blogspot.com/2008/05/verbos-por-ti.html

REFAÇO-ME EM TEU CORPO by Ceci_Poeta


Te amando, refaço-me em teu corpo.
Como as nuvens se refazem depois
do vento forte.
Como os pássaros soltos a voar na amplidão,
sabendo que tem lugar certo pra voltar.
Como curvas sinuosas, apagando imagens turvas.
Estrada vicinal, me mostrando o final.
Que encontro no aconchego do seu corpo.
Que me mostra jóia bela e lapidada, sobre
os lençóis perfumados.
Onde o espelho reflete, a perfeição dos
nossos traços.
No verdadeiro apogeu do amor vivido.
Nossas mãos deslizam sobre a pele macia,
desfazendo os últimos embaraços.
Em teu corpo refaço-me em fim.
Como a terra se refaz com a chuva leve.
Como gotas cristalinas, expostas às cores do arco-íris.
São momentos, gestos, perfumes que ficam,
gravados na mente e no coração.
E pra sempre tatuados nos corpos, momentos de
prazer, de amor e paixão.
Já cabalmente entregue, meu coração.


Direitos reservados.
Cecília-SP-10/2008

O fogo que na branda cera ardia by Luíz Vaz de Camões

O fogo que na branda cera ardia, 
Vendo o rosto gentil que eu na alma vejo, 
Se acendeu de outro fogo do desejo, 
Por alcançar a luz que vence o dia. 


Como de dous ardores se incendia, 
Da grande impaciência fez despejo, 
E, remetendo com furor sobejo, 
Vos foi beijar na parte onde se via. 


Ditosa aquela flama, que se atreve 
A apagar seus ardores e tormentos 
Na vista de que o mundo tremer deve! 


Namoram-se, Senhora, os Elementos 
De vós, e queima o fogo aquela neve 
Que queima corações e pensamentos.

Cola em mim... Conteúdo Adulto



Não se perca de mim

pois sem você

meu rumo é incerto

e meus caminhos 

desconexos!



Cola em mim

na minha vida

na minha boca

no meu sexo



Cola em todo o meu complexo!


Invente uma desculpa esfarrapada

pra explicar ao coração

que se vive sim de tesão!


E entre um gole e outro

me ensina o caminho de te ganhar

pois dessa vida

eu não quero nada além

do que te provar

...te provar

...te provar!



(Mell Glitter)

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Despida - Conteúdo adulto



E quando você, mulher
vai despir-se pra mim?
dos medos
dos traumas
dos poréns
dos não...
quando despida assim estiver
quero te fazer mais mulher,
mergulhar em sua alma
sem roupagem nenhuma...
 
gilson costa

Dividido...sem você! Versão Adulta!


Sem você não me sinto inteiro,
e me divido por entre outros corpos
por entre outras bocas...Ao inves de somar,
diminuo-me!!!
 
Gilson Costa

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Linda de qualquer jeito!!!



Vestida você é linda,
despida é meu desejo.
Fica bem de seda
ou sem nada, 
sobre os lençóis
onde te beijo...
Fica bem de vestido
,de saia ou 
ate de toalha
Hummmm! Tomara que caia
Fica bem de longo
ou como veio ao mundo
Mas fica bem mesmo
em meus braços
bonita e atrevida
com roupa ou despida

Gilson Costa



Possuir o que me possui!!! Conteúdo Adulto


Possuir o que me possui
De repente saudade se fez vontade
Dominando pensamentos castos
Transformando-os  em devassos
Uma brisa no final de tarde
Que virou em mim, tempestade
“De repente, não mais que de repente”

Sem figuras de linguagens, metáforas
Que em mim ardem, incendiando
Meus mais loucos desejos...
“Meu reino, por teu beijo”

Não te quero amiga, não te quero frágil
Nem quero saber quem te ama,
Quero você, mulher, nua em minha cama

Não te quero dócil, tímida ou retraída
Quero você safada, muito mais
Do que já foi em tua vida

Sem promessas, nem pressas, nem juras
Só quero a intensidade dos gozos
Fazer amor diversas vezes e bem gostoso!!!

Quero sussurros e gemidos loucos
E sua língua vadia a percorrer pelo meu corpo
Quero tua cavalgada, por toda noite, madrugada!

Tirar tua roupa, fazer o que eu quiser
Te pegar em pé
É isso que te proponho
“Deixe de ser apenas o meu sonho”

Quero possuir o que me possui,
Beber do teu prazer e nos meus braços
Prender-te...
Não deixar você escapar...ir
Quero te possuir!!!

Gilson Costa

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Não afaste de mim, este cálice!!!

A pele do teu corpo!!!

Pra estar junto com você a todo tempo
E só assim realizar
O meu desejo em te amar
Amor...

Você minha!!!

Você não tem idéia o quanto eu amo absolutamente a sensação de estar tão profundo dentro de você ... De senyir você, tão minha.  Eu quero você agora!

Sempre mais!!! Perfeito.

Eu quero explorar cada curva do seu corpo bonito.

Adoro ler teu corpo, como a um livro aberto. Leio-te como a um conto cujo final precisa ainda ser descoberto.

Abre a boca e feche os olhos!!!!

Nosso encaixe...!

Hoje
tenho-Te!

O corpo, apenas o corpo...
a alma despiste-a assim que chegaste.

Eu, apenas Te dispo a roupa
e desnudo esse corpo volátil,
corpo quente,
de mulher louca demente,

perdida nos desejos que latejam,
que me entregas
e me fazem perdido em Ti!

A minha lingua deleita-se,
nos Teus seios tumescidos
e desvenda do Teu ventre,
os desejos escondidos,

a tesão
os gemidos
que tens para me entregar!

Devagar
as minhas mãos conquistam-Te,
nas palavras balbuciantes que soam,

quentes,
dormentes,
porque tudo é arfar de silêncios,

nos corpos que se contraem
arritmados
excitados...
até ao Desejo vertido!

És folha quente do meu diário
para lá do meu imaginário...
és minha Vida, meu momento.

Mas,tudo é apenas tempo,
que a vida teima em não fazer parar!

...És,
o meu encaixe perfeito,
ninho das minhas mãos,

deixa-te ficar...
eu visto-Te,
para Te voltar a despir outra vez!!

Andy

O que te da...água na boca?

Os beijos que te dou
ou quando na fúria do desejo
encosto você na parede
e te possuo?

Gilson Costa

Pra que esta boca , tão grande? tão aberta?

Tua boca!!!

Parece até haver
um pingo de prazer
em cada gota
que cai
do céu
da tua
boca.


Sombras

As coisas mais bonitas do mundo são sombras.

domingo, 4 de setembro de 2011

Cavalgadas - Negro Arcanjo para Adultos - CONTEÚDO ADULT0

Ao cavalgar-me...me doma, me toma
subtrai de mim, toda a minha soma!!!



As vezes o pecado esta tão proximo

que é impossivel resistir!!!


@gilsoncosta42

Do teu corpo

faço meu templo, em qualquer lugar!!

vontade infinita de ti

Desejos absurdos, de te possuir...!
Respira-me, mais uma vez apenas!!!
Gilson Costa

Minha Vagabunda!!!

Nasce minha nova vertente, o animal que estava aprisionado enfim liberto!!!

 minha vagabunda,
imunda
minhas memorias
mais profundas
inunda
com suas posições
preferidas
todas as horas
da minha vida
vagabunda minha
rainha,escrava
apenas vagabunda
empina pra mim
a tua bunda,
abre pra mim
a tua alma
fecunda
doce vagabunda
me lambe, me arranha
arraste-me para a cama
de segunda a segunda...

Gilson Costa

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Em pé



Em pé, você na parede
faz parte da minha trama,
minha sede...
respiração pesada
eu escuto
você não sabe
qaundo te penetro
ou quando te chupo
e fica molhada
esperando o ato,
nas pontas do pés
e de perna aberta
alerta, 
sente 
quando minha vida
pulsante, quente
entra na tua
definitivamente...
 
Gilson Costa