quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Servidão




Quando
Entrei
Em ti
Senti
Que
Pertencia 
A ti

Formas de te amar



Entrar em ti
É amar-te

(Ou se preferir)

Te penetrar 
É meu modo de te amar!

Os teus olhos...




Os teus olhos
exigindo
ser bebidos

Os teus ombros
reclamando
nenhum manto

Os teus seios
pressupondo
tantos pomos

O teu ventre
recolhendo
o relâmpago

Eu terei você



Eu terei você,
Ao meu dispor,
À minha maneira:
Por uma hora,
Por um dia,
A vida inteira...
Em pé ou de ladinho
penetrando
na tua carne
e você docil, aceite
brincar no meu corpo
ser o meu deleite

Eu terei você,
De qualquer jeito,
Pelos meus meios:
Terei tua boca,
Terei teu corpo,
Terei teus seios...
isso sempre sem fim
eu te terie em pé
de costas para mim
a minha boca
a sugar teu mel
nosso delirio
levando-nos r ao céu

Eu terei você,
Quando eu quiser,
Na hora exigida:
Terei teus lábios,
Terei teu sexo,
Terei tua vida...
uma transa mais 
que gostosa
eu terei
e você
sera minha...

Gilson Costa

Coisas de pele*





Coisas de pele, coisas de desejo.
Coisa de corpos nus entrelaçados.
Coisas olhares tortos, revirados.
Coisas de língua muito alem do beijo.

Coisas de êxtase, se puxar cabelos.
Coisas de músculos empedrejados.
Coisas de seios rijos excitados.
Coisas de líquido encharcando pêlos.

Coisas de química, coisas de entrega.
Coisas de coxas que de tanto esfrega
Chega-se ao ápice de uma forma insana.

E após o gozo, vai-se alegremente,
Dentre os gametas quem chegar a frente
Perpetuar o dom da raça humana

Vou-te roubar para mim, porque roubar para comer não é crime. (AF)



terça-feira, 25 de setembro de 2012

Apenas sentir.




“Me vejo tocado com a doçura
Do sabor da seiva da tua boca
E ate ouço o arrepiar dos pelos
Ao sentir o cheiro da tua carne”
Me desposo ao desbravamento
Da tua alva pele A qual vou sucumbir,
A cada centímetro... Ouvir, ver... depois
Me perder no cheiro, sentir teu toque
Saborear teu corpo, junto
A minha ânsia de existir...
Olhar teus olhos Cheirar teu cheiro
Degustar tua boca
Ouvir o que tens a me dizer, e sentir...
Simplesmente e apenas sentir...

domingo, 23 de setembro de 2012

*DEIXA





DEIXA OS MEUS OLHOS
SE DELICIEM SOBRE A TUA TEZ
E AS MINHAS MÃOS PERCORRAM A TUA NUDEZ

DEIXA A MINHA VONTADE
DE TE POSSUIR
SE TORNE REALIDADE

DEIXA O MEU SONHO
DESCOBRIR SUA SENSUALIDADE
ME PERDER EM SUA PROFUNDIDADE

DEIXA O MEU CORPO
SENTIR TEU CORPO QUENTE
SE TORNAR PARA O MUNDO INDIFERENTE

DEIXA MINHA FANTASIA
MAIS LEVE E SOLTA
SEM VOLTA
VASCULHAR SEM MEDOS
TODOS OS SEUS SEGREDOS


GILSON COSTA

*NUDEZ




TUA NUDEZ
ÉS - ME REVELADA NA MADRUGADA
EM SONHOS
EU TE PROPONHO
TRANSFORMAR EM REALIDADE
ESTA FASCINANTE VERDADE...

TUA NUDEZ
PERSEGUE-ME DE NOITE E DE DIA
AQUECENDO COM O FOGO DO DESEJO
MINHA ALMA FRIA...


TUA NUDEZ
ÉS - ME REVELADA SEM DISFARCES
QUANDO OLHO SUA FACE
EM SOMBRA OU LUZ
O TEU CORPO CONDUZ
A TUA VISÃO


TUA NUDEZ
INSISTE E PERSISTE
EM SER APENAS
PARTE DE MINHA IMAGINAÇÃO

GILSON COSTA

ENCONTRO




PEDIREI  QUE A TUA BOCA
PROCURE  PELO MEU SEXO LISO
NELE ENCONTRARAS A FONTE QUE TE SACIA
NELE ENCONTRARAS TEU PARAÍSO.
TUA LÍNGUA PERCORRERA O PECADO ORIGINAL
E A SEIVA BROTARA
DE FORMA SEM IGUAL....
BANHANDO-LHE EM SUCOS DENSOS
VOCÊ ME MANTERÁ ALTIVO, ERGUIDO,
LANÇA PRONTA PARA FERIR E TE MORDER
MAS ESTA DOR TE DARÁ PRAZER.
ENQUANTO ISSO NÃO ACONTECE
SONHO, POIS O SONHO ME AQUECE
RESTA-ME O MUNDO DA ILUSÃO,
FANTASIAS E DESEJOS.
E NOS MOMENTOS LOUCURA E DE PAIXÃO
CAÍRAS VENCIDA POR TERRA,
NÃO SE ARREPENDERAS DESSA GUERRA
SERÁS MINHA MELHOR VISTA
SERÁS MEU TERRITÓRIO DE CONQUISTA
SERÁS TEU O MEU PODER
E VOCÊ SERÁ SENHORA SUPREMA DO MEU SER..


GILSON COSTA

DANÇA




EXISTE O DESEJO LATENTE
QUE CONTAMINA AOS POUCOS A GENTE
ENCHENDO DE PRAZER
OS SENTIDOS
AUMENTADO NOSSOS GEMIDOS
ELETRIZANDO O NOSSO SER

EXISTE NO CORPO UMA DANÇA
QUE FAZ LEVANTAR A LANÇA
PRONTA PARA AÇÃO
ACELERANDO AS BATIDAS DO CORAÇÃO

EXISTEM CURVAS PERIGOSAS
MESMO ASSIM GOSTOSAS
ESPERANDO A GENTE AVANÇAR
E QUERO QUE VOCÊ ACREDITE
NÃO HÁ OUTRO CONVITE
MAIS EXCITANTE DE ACEITAR

EXISTE UM OLHAR MEIO SEM JEITO
QUE NÃO FICARA SATISFEITO
EM SIMPLESMENTE OLHAR
HÁ MINHA CURIOSIDADE
QUERENDO CONHECER TUA VERDADE
OS TEUS MISTÉRIOS DECIFRAREM


GILSON COSTA

TEU CORPO


   


QUERO MERGULHAR EM TUA CORRENTEZA
LAVANDO ASSIM MINHAS IMPUREZAS
DEIXANDO POR DENTRO SÓ BELEZA
DESTE MALTRATADO SER.

QUERO ME BANHAR EM TUA PROFUNDIDADE
AFOGAR MINHAS SAUDADES
VIVER DENTRO DE TUA REALIDADE
PARA NUNCA MAIS ME PERDER.

QUERO NADAR EM TUAS ÁGUAS CALMAS
LIMPAR OS ERROS DE MINHA ALMA
ESQUECENDO ASSIM O QUE É O RANCOR

QUERO NAVEGAR EM TEU OCEANO
APAGAR MINHAS FALHAS COMO SER HUMANO
E VIVER SEM MEDO O AMOR.

GILSON COSTA


VIAGEM


                                                                                               

VIAJO PELO SEU SORRISO,
PASSAPORTE PARA CHEGAR AO TEU PESCOÇO,
QUE MORDO TAL QUAL VAMPIRO
ARRANCANDO-TE MUITOS SUSPIROS.

BRINCO  AGORA  EM TEUS OMBROS
FAZENDO LENTAMENTE CADA CURVA.....
SUA ESTRADA DEIXA MINHA VISÃO TURVA

PROSSIGO

SIGO EM DIREÇÃO AOS SEUS SEIOS
E BRINCO COM ELES EM MINHA BOCA
QUE COISA LOUCA,
CHUPO-OS LOUCAMENTE
COMO SE NÃO EXISTISSE AMANHÃ

A VIAGEM CONTINUA E SE TORNA MAIS ATRAENTE

PASSO PELA SUA BARRIGA
E DESLIZO AO ENCONTRO DE SEU SEXO
PASSEIO EM TUA  MATA DESVENDANDO TEUS MISTÉRIOS

MINHA LÍNGUA VADIA TE PERCORRE, TE ESTREMECE
A VIDA LÁ FORA A GENTE SE ESQUECE
ESQUEÇO ATE DE MIM QUANDO TENHO VOCÊ

DEIXO MUITO CONTRARIADO SEU SEXO DE LADO
E CONTINUA A TE EXPLORAR
AGORA BRINCO EM TUAS COXAS
E ADMIRO A PAISAGEM DE SUAS PERNAS.

ESTOU AGORA  AOS TEUS PÉS LITERALMENTE
NÃO CONSIGO TIRAR DA MENTE
ESTA VIAGEM QUE ME ALUCINA

E COMO GOSTEI DO PASSEIO
RESOLVO REFAZE-LO
VOLTANDO PELO MESMO CAMINHO
SEM ESQUECER NENHUMA PASSAGEM
ADMIRANDO SUA LINDA PAISAGEM...

 

GILSON COSTA

MINHA MULHER





GOSTO QUANDO VOCÊ
PROCURA-ME
ASSIM NA LOUCURA
ME DESEJA
ME AMA
ME BEIJA
ME INCENDEIA...
ARMA MINA LANÇA
PRA GUERRA
ME ENCERRA
EM TEU CORPO
LOUCO,
VORAZ
ME ENGOLE
ME SORVE
ME PRENDE
EM TUAS PERNAS
ABRINDO
TEU CÁLICE
PARA EU BEBER-TE
E NUM RITMO
FRENÉTICO
SEM NEXO
ESQUEÇO-ME DE TUDO
DO  MUNDO
E EXPLODO
ENLOUQUECIDO
ENVOLTO
EM GEMIDOS
E ME DESFAÇO
EM VOCÊ

GILSON COSTA

NOSSOS DESEJOS...




COLADOS
SUADOS
GEMENDO
FUNDINDO-SE...
E OS CORPOS
NO DESEJO
ENVOLTO EM BEIJOS
E CHUPADAS
NAS MADRUGADAS
FRIAS
LA FORA
ESQUECIDAS
POR NOSSOS DESEJOS...
SE MOVENDO
PENETRANDO-SE
SEM REMORSOS
COM ESFORÇOS
EXCITANTES
DELIRANTES
AMANTES
E OS CORPOS
SE QUERENDO
SE PERDENDO
AO MESMO TEMPO
QUE SE ENCONTRAM
NA CAMA...



GILSON COSTA

QUANDO VOCÊ APARECE




QUANDO VOCÊ APARECE EM MINHA FRENTE
UM SINAL AVISA MINHA MENTE
TENHO VONTADE DE TE PROVAR
SENTIR O SABOR DO TEU SER
E SABER DO GOSTO DE TUA PELE
POR FAVOR, NÃO ME NEGUE.....
MEU CORPO PRECISA TE CONHECER,
DESEJO TE ACARICIAR....EXPLORAR, PENETRAR
SEUS MISTÉRIOS....
DERRUBAR ESTE SEU MITO SERIO.
PASSAR A LÍNGUA COM LENTIDÃO EM CADA CANTO
CONQUISTANDO AOS POUCOS TEU CORPO....
FEITO UM GUERREIRO LOUCO.
DEIXANDO O RASTRO DE DESEJO E EXCITAÇÃO
MISTURANDO COM A BATIDA DE SEU CORAÇÃO
E NOSSOS GEMIDOS E SUSSURROS NA MADRUGADA
UMA NOITE NÃO É NADA
POIS DESEJO TE POSSUIR
TE SENTIR
FAZER DE VOCÊ, MINHA
QUERO NÃO DESPERTAR DESSE SONHO
DAR-TE PRAZER EU ME DISPONHO
TORNANDO-ME ASSIM PARTE DE VOCÊ, DE SEU CORPO...
SENTIR CADA CARICIA, CADA GESTO, CADA CHOQUE...
NUM PROFUNDO TOQUE,
VOCÊ A ME CAVALGAR SEM MEDO DE SE PERDER
DEIXANDO O RITMO ENVOLVER MEU SER
POR CAMINHOS SEM LIMITES,
INDECENTES CONVITES
DELIRANTEMENTE SEM VOLTAS......
AH ! O TEU CORPO PRECISA VOLTAR
SER MINHA EMOÇÃO PREFERIDA
E NOVAMENTE DESVENDAR, SE MOSTRAR
CADA VÃO, MOMENTO DE MINHA VIDA

GILSON COSTA

*VISÃO



TU ÉS MULHER , ANTES DE TUDO
FÊMEA QUE EXALA PERFUMES, PERDIÇÃO BEIJOS.
TUAS CURVAS E  TEUS SEIOS
CADA PARTE DE TI, POR MIM É DESEJADA
E CADA CANTO DE SEU ESCONDIDO UNIVERSO
VEM SE MOSTRAR EM MEUS VERSOS.....
TUA VISÃO FOI EM UM INSTANTE MAIS MARCANTE,
E ME VI POSSUÍDO POR DESEJOS
ENSANDECIDO DE VONTADES
DE TÊ-LOS EM MEUS LÁBIOS, DE TER VOCÊ EM MIM
POSSUI-LA FEITO ANIMAL
ESQUECENDO MEU LADO HUMANO RACIONAL

NÃO TENTE A MINHA VONTADE ANULAR
POIS O MEU DESEJO É DIFÍCIL DE DOMAR,
DEIXE-ME APENAS SONHAR..
QUE LOGO MAIS TERÁ FIM
E NÃO SABEREI AO ACORDAR DISTINGUIR
SE SOU EU QUE PEÇO POR VOCÊ
OU SE É VOCÊ QUE ENLOUQUECE A MIM......

OLHO NA ÍRIS DOS TEUS OLHOS
E VEJO MINHA IMAGEM REFLETIDA
NO DESEJO QUE ME QUEIMA A ALMA E MINHA VIDA,
PERDEREI-ME  EM TEUS SEIOS FARTOS
E NÃO QUERO QUE ME ENCONTREM
ATÉ QUE MEU SER FIQUE SACIADO E AUSENTE
GOZAR DOCEMENTE O MOMENTO PRESENTE

PREFERIA NÃO TER VISTO
MAS A VONTADE FOI MAIOR QUE A RAZÃO
POR MAIS QUE ME ESFORCE
NÃO CONSIGO APAGAR TUA VISÃO
ESPERO DESCOBRIR O ANTÍDOTO
DESTA CRUEL VONTADE QUE ME ASSOLA
QUERO CURAR-ME, ESQUECER-TE
MAS A VISÃO INSISTE EM NÃO IR EMBORA

É COMO MIRAGEM DE ÁGUA NO DESERTO
É COMO ESTAR DISTANTE MESMO ESTANDO PERTO
É COMO DOCE QUE CRIANÇA NÃO ALCANÇA E CHORA
A BOCA FICA CHEIA D'ÁGUA NA HORA,
E SE NÃO POSSO DESFRUTAR DESSE  DELEITE
POSSO E COM ELES EU SONHO, CRIO NA MENTE MIL ESTÓRIAS
QUEM SABE O TEMPO VENHA EXPULSA-LAS DE MIM, ESTAS MEMÓRIAS

TUAS PALAVRAS, TUAS NEGATIVAS..... VAGAM  POR AI  ESQUECIDAS
TUA IMAGEM FOI FRAGMENTADA, CONGELADA
EM MIL PEDAÇOS DILUÍDOS POR MEU DESEJO ABSORVIDA
E TEU SABOR...EU IMAGINO COM VONTADE
TUDO SOOU COMO UM SONHO BOM
SONHO PERDIDO EM EXPLOSÕES DE LASCIVIDADE

Gilson Costa

Operação



Ela numero inteiro,
ele uma fração racional,
equações que não batiam
soma com resultado: subtração,
Ela queria muito mais
ele não queria ser divisão,
eis o X da questão!!!

Gilson Costa

sexta-feira, 21 de setembro de 2012


Te levo pra festa e testo o teu sexo com ar de professor...

Faz parte do meu show
Faz parte do meu show, meu amor

Assim será...




Sua calça no joelho, calcinha eu puxo para o lado,
brinco em você com meus dedos
chupo-os provando do teu melado
esfregou meu corpo no teu
até não aguentar mais de tesão
minha lingua percorre tuas fendas
espero que você se renda
e também nãos e ofenda
quando eu rasgar tuas rendas
e penetrar no meu paraiso
com unico golpe  , intenso e conciso

Vou falar no teu ouvido,
responda-me com gemidos
caso esteja gostando
do meu membro te penetrando
de forma profunda,
mas por favor
empine mais um pouco, pra mim,
a tua bunda

Gilson Costa

domingo, 16 de setembro de 2012

Corpo de Mulher.




É um ninho de emoções que não verás através da sua pele…
Uma geografia que admiras, sem chegares à sua essência.

Despir uma mulher, não chega para descobrir o seu mundo secreto.

É muito provável que os seus olhos te contem muito mais…
Ela sabe que para chegares à sua alma, deverás olhar com muito mais paciência.

Mesmo despida, estará vestida de mistério

O fogo do seu interior, só o conhecerás olhando o seu coração…
Mesmo sem roupa, na tua frente, não te pertence…

Ao despires uma mulher, nunca conseguirás tirar-lhe a sua melhor prenda…
o pudor.

Não existe seda que supere a sua pele...
Nem tela que possa esconder o seu encanto.

Despir uma mulher ou tirar as pétalas a uma flor…
É chegar até à porta dos sentidos,
E ajoelhar diante do altar sagrado da sua fonte de vida.

Mas lembra-te… ela continua sem te pertencer
Não conhecerás o seu céu… mas talvez conheças algo do teu.
Com ela, pode o artista esquecer por completo o que é uma linha reta...
e naufragar num mar ondulado de luzes e sombras.

Não estou te dando um presente para os teus olhos…
Trata-se de um presente para a tua alma...
Sem luxúria, sem humor negro, nem duplas mensagens...

Mel, orvalho, frutas, aromas e sabores.

É uma das melhores obras de arte de Deus, transferida para a pintura, para a fotografia e para a escultura.     

A tua inspiração nasce dela…

Autoria: Rosangela

Vem...




Você chegou
Tomou posse do meu coração
De todo o meu eu
Pensante...Vazante...
Irreal...Virtual

Vem...
Desvenda meus segredos
Faz meu amor um carinho...

Sonho




por favor fala comigo...
deixa eu te dizer em poesia
o quanto você me fascina
demonstras em verso meu desejo
por aquilo tudo que eu vejo
seu sorriso, seu corpo, sua face
não há pq um disfarce de minha parte
queria te-los ao meu alcance
saciar minha sede num relance
com minhas mãos passear
pelas suas curvas,sua geografia
em teu corpo, escrever minha poesia
descobrir os teus segredos
sem nenhum medo
me perder em você ao te tocar
e em tuas vontades me achar
sonho?
quem sabe..mas não é proibido sonhar?



Gilson Costa

Deixo...



Deixa que eu te ame em silêncio.
Não pergunte, não se explique ,
deixe que nossas línguas se toquem, 
e as bocas e a pele falem seus líquidos desejos.

Intensa Aprendiz

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Teu mar



Por seus mares nunca dantes navegados
Encontro-me em teu oceano
Tuas curvas se encontram ao meu lado
Envergonhadas por baixo de teimosos panos

Que insistem em te esconder
Que não me deixa te relevar
Encontrar-me em teu prazer
Afogar-me em teu mar.

Cesse tudo o que a musa antiga canta
Estar perto assim pouco adianta
Um rochedo entre nos se levanta
Morro desejando-te na areia branca

E assim meu olhar vai navegando
Em teu corpo sem me molhar
Queria mesmo estar te velejando
E não apenas te admirar

Gilson costa

Quero você




A sua boca eu quero;
em sonho você chegou assim.
meu desejo é sincero.
Queria que o sonho
não tivesse fim

no meu devaneio
eu te beijava
e gemendo você
enroscava-se em mim 
e quanto mais te desejava
mais você dizia sim

Percorri seu corpo
com minha boca
extasiando-a
deixando louca

E a sua boca eu beijei
e sua alma
por ela suguei...
Abri tuas pétalas 
senti de perto teu perfume
seu tom de veludo
seu lume...

A sua alma
que me é secreta
em minhas mãos
deixou de ser discreta
tornando-se minha cor predileta
Porta que se abre
tal qual flor em primavera
quando eu
provoco e possuo ela

Gilson Costa